Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Noviactual

MENU

transferir (2).jpg

 

O Presidente da República, poeta e escritor Jorge Carlos Fonseca recebeu com 'surpresa e satisfação' a comunicação de que foi laureado com o prémio Guerra Junqueiro. 

 

'Recebi a notícia com surpresa e satisfação' escreveu Jorge Carlos Fonseca na rede social, adiantando que a entrega do prémio será feita, no próximo ano, em cerimónia organizada para o efeito, em Cabo Verde.

 

Segundo noticiou a RTP, o prémio Guerra Junqueiro vai expandir-se a quatro países da Lusofonia e premiar Ana Luísa Amaral, de Portugal, Lopito Feijó, de Angola, Raul Calane da Silva, de Moçambique, Tony Tcheka, da Guiné-Bissau, e Jorge Carlos Fonseca, de Cabo Verde.

 

Os cinco premiados, vão receber a distinção, em cerimónias nos seus respetivos países. 

 

O prémio tem sido atribuído desde 2017, no âmbito do Festival Internacional Literário, que se realiza na terra natal do escritor Guerra Junqueiro.

 

O festival literário tem por base a vida e obra do poeta Guerra Junqueiro, tido como “uma referência inquestionável da literatura portuguesa” e com raízes em Freixo de Espada à Cinta, no distrito de Bragança.

English French German Italian Dutch

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários