Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Noviactual

MENU

fotos.PNG

 

"Os animais foram criados pela mesma mão caridosa de Deus que nos criou. É nosso dever protegê-los e promover o seu bem-estar.“ By Madre Teresa de Calcutá.

 

Hoje é dia dos animais. A data é comemorada no dia, 4 de outubro, dia de São Francisco de Assis, o santo que amou e protegeu os animais.

 

O dia tem como finalidade sensibilizar as pessoas para a necessidade de proteger esses seres inofensivos.

 

Ter um animal em casa é ter um amigo, uma companhia para todas as horas.

Mandela Day 2019

Carmo 18 Jul 19

NMF-MandelaDay-10yr-Logo-SMALL.png

 

Assinala-se hoje o Dia Internacional Nelson Mandela. A data é celebrada anualmente no dia 18 de julho dia do aniversário do ex-líder sul-africano.

 

O dia tem como propósito sensibilizar as pessoas a dedicar 67 minutos do seu tempo para ajudar os que mais precisam em homenagem aos 67 anos que Mandela dedicou a lutar contra o "Apartheid" na África do Sul para que os sul-africanos negros tivessem os mesmos direitos - políticos, económicos e sociais - que os brancos.

 

Instituído pela ONU em 2009, Mandela Day celebra a proteção dos direitos humanos, a igualdade entre as raças e etnias, a resolução dos conflitos entre povos e a integridade da humanidade.

 

Mandela Day 2019 banner.png

 

Nelson Mandela nasceu no dia 18 de julho de 1918. Foi admirado pelo seu povo e pelo mundo. Era carinhosamente conhecido por Mandiba. Começou a lutar contra o regime do apartheid ainda muito jovem. Foi preso durante longos anos. Mandela foi o primeiro presidente negro sul-africano e recebeu o prémio Nobel da paz. 

Nelson Mandela morreu, em 2013, aos 95 anos.

semtabacohorizontal.jpg

 

Assinala-se hoje, 31 de maio dia Mundial sem tabaco. Para assinalar a data o Noviactual saiu à rua para saber se a população e os fumadores, em particular, estão conscientes dos malefícios do tabaco. Conversamos com Luís Sousa, Sandra Lima, Manuel Costa e Sebastião Gonçalves.

 

Luís Sousa, fumador há 17 anos, sempre soube dos malefícios do cigarro mas falta-lhe força suficiente para deixar o vício “eu fumo desde os meus 18 anos, já tenho 35. O cigarro é como se fosse um refúgio. Sei dos riscos mas... Continuo a fumar. Já pensei em deixar mas ainda não encontrei aquela força.”

 

Já Sandra Lima, fumadora passiva apela aos fumadores a respeitarem os que não usam o tabaco “eu não fumo. Mas vivo perto de pessoas que fumam. O fumo entra pela janela da minha casa e é assim todos os dias há muitos anos, por isso, apelo aos fumadores que procurem locais próprios e longe dos não fumadores.”

 

Manuel Costa é um ex-fumador  “fumei durante 25 anos, comecei muito jovem, aos 20 anos. O cigarro trouxe-me muitos problemas de saúde. Apesar de saber de todos os riscos usei e abusei do tabaco. Fumava vários maços por dia. Felizmente deixei esse vício há 13 anos.”

 

Sebastião Gonçalves é um jovem universitário, desportista e preocupado com a juventude que se deixa levar pela influência “eu não fumo mas tenho muitos amigos que fumam por influência. Faço questão de lhes dizer o quanto não gosto de inalar o fumo do cigarro.”

 

Conheça alguns malefícios desse vício que mata:

Reduz tempo de vida, provoca sérios problemas no coração e no pulmão, enfraqueça os dentes e envelheça a pele.

Opte pela sua saúde e deixe o tabaco.

IMG_20180508_170713.jpg

 

Sob o lema “Um sorriso para todos em todos os lugares” é assinalado, hoje, 8 de maio, o Dia internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho.

 

Em São Vicente, no ato solene das comemorações, o presidente do conselho local João Paulo Lima, lembra que na ilha, a Cruz Vermelha tem protocolos e parcerias nas diversas áreas e os resultados são bons, tendo destacado formação com grau de licenciatura para os voluntários da cruz vermelha. “isso para nós é uma satisfação. Não estamos aqui para pedir nada mas como dirigentes temos que criar meios para a motivação dos nossos voluntários”.

 

João Paulo Lima sublinha ainda que a Cruz Vermelha é uma associação de cariz humanitário e quando se fala em cariz humanitário “temos que pensar é nas pessoas e na pessoa. Temos que pensar qual é o meio e as condições mais adequadas para criar o melhor benefício a pessoa humana”.

 

O presidente da Cruz Vermelha local garante que a instituição só existe por causa dos voluntários. Admite ainda que tem voluntários com espirito de ajuda ao próximo. A partir dessa constatação manifesta desejo de poder ter no futuro os atuais voluntários a trabalhar para a instituição por isso deixa mensagem de incentivo aos mesmos.

 

“Estamos aqui para mais uma vez transmitir essa mensagem e para poder também cultivar novos voluntários que estarão amanhã a trabalhar nesta instituição”. Acrescenta na sequência que “A nível local vamos continuar a trabalhar com os nossos voluntários, vamos trabalhar nos projetos, vamos capacitar ainda os novos voluntários, vamos criar condições para poder ter mais meios e dar um apoio com melhores condições as instituição quando formos solicitados”.

 

O presidente da instituição local diz-se sentir orgulhoso com o trabalho do setor de São Vicente. “Sinto-me orgulhoso de continuar a trabalhar nesta instituição pela força que me dão e pelas condições que recebo de todos os meus parceiros não só em São Vicente como a nível nacional. Acho que em Cabo Verde a Cruz Vermelha está num bom caminho”.

 

Refira-se que a Cruz Vermelha e o Crescente Vermelho completam 155 anos de existência. Abrangem mais de 160 milhões de pessoas através de sua rede de cerca de 17 milhões de voluntários e 450.000 funcionários.

 

Em Cabo Verde, a Cruz Vermelha completa 43 anos em julho e as suas ações estendem-se por todo o pais com milhares de voluntários e mais de uma centena de profissionais. Atualmente tem sob a sua responsabilidade a gestão de 11 jardins de infância, 9 centros de terceira idade e vários projetos.

 

Beneficia diretamente e a nível nacional cerca de 530 crianças e mais de 250 idosos com acolhimento, ações pedagógicas e refeições quentes, beneficia igualmente jovens e adolescentes em situação de risco com ações de solidariedade social.

dia mundial voz.jpg

 

Hoje, 16 de abril, é dia mundial da Voz. São muitos os profissionais que têm a voz como instrumento de trabalho. Jornalistas de rádio e televisão, professores, padres, enfim… 


A Voz é um instrumento muito delicado, e por isso devemos usa-lo com respeito e responsabilidade. É preciso ter cuidados com a nossa voz como beber muita água e de preferência natural, evitar bebidas gasosas e alcoólicas, evitar o cigarro e ambientes onde se pode inalar o fumo, evitar esforçar a garganta e dormir bem. E, uma diga muito importante aqueça a sua voz sempre e antes de a usar. 

English French German Italian Dutch

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários