Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Noviactual

MENU

 

35187063_1619491264827297_4315794580260782080_n.jp

 

O músico cabo-verdiano, Vasco Martins lançou o seu mais recente trabalho discográfico intitulado “Partum Spiralis”. O disco inspirado nas ilhas de Cabo Verde, conta com 13 temas todos com títulos em latim. 

 

Na sua página do facebook, Vasco Martins explica o porquê do latim no seu novo álbum. ”Por necessidade poética e filosófica, ser a língua mãe de muitas línguas e etimologicamente próxima do crioulo e do português”. O álbum composto por 13 temas, todos com título em latim, é considerado pelo músico como um disco filosófico.

 

Vasco Martins inspirou-se no lado ambiental das ilhas do arquipélago para criar o disco. ”Neste caso as ilhas de Cabo Verde, (o lado ambiental - soundscapes): árvores, desertos, mar, vento, azul, nuvens, pássaros e outras entidades”.

 

“Initium” é o primeiro tema do álbum, escrito na noite do sismo de 12 de maio de 2017. O Disco gravado no estúdio Tibete em Ribeira do Calhau, São Vicente, está disponível nas plataformas digitais CDbaby e Drop Box.

plastico_iceberg.jpg

Foto: Jorge Gamboa 

 

A poluição plástica constitui um dos grandes problemas da humanidade e é considerada uma das principais causas atuais de danos ao ambiente e à saúde.

 

Na última década foi produzido mais plástico do que em todo o século passado. Por ano, são consumidas até 5 trilhões de sacolas plásticas em todo o planeta.

 

A cada minuto, são compradas 1 milhão de garrafas plásticas e 90% da água engarrafada contém microplásticos.

 

Metade do plástico consumido pelos humanos é descartável e pelo menos 13 milhões de toneladas vão parar nos oceanos anualmente, prejudicando 600 espécies marinhas, das quais 15% estão ameaçadas de extinção.

 

Números preocupantes, daí o lema "Acabe com a poluição plástica”

 

Em Cabo Verde, o plástico representa 30 por cento do volume dos resíduos conforme garantiu à inforpress Alexandre Rodrigues, Diretor Nacional do Ambiente “o plástico representa nas nossas lixeiras quase 30% do volume dos resíduos” no entanto a legislação é precária foca apenas nas “bolsas de plásticos para transporte das compras” deixando para traz as garrafas de plástico que é outro problema de Cabo Verde.

A fiscalização ainda é problemática, considera o Diretor Nacional do Ambiente assegurando que, de momento, a prioridade é informar.

 

O dirigente nomeou ainda seis grandes temas, que considera, desafiadores: a exploração excessiva dos recursos naturais, a destruição de habitats terrestres e marinhos, a introdução de espécies exóticas, a deficiência na gestão organizacional e aplicabilidade da legislação, a deficiência na gestão da água e a deficiência na gestão dos resíduos sólidos.

 

O Dia Mundial do Ambiente instituído na década de 70 tem como finalidade promover a consciencialização pública sobre questões ambientais.

 

Com: inforpress, nacoesunidas

IMG_20180601_164513.jpg

 

Hoje o dia é das crianças e, por isso, a Câmara Municipal de São Vicente realiza em parceria com a Kidslandia um leque de atividades na praça Nhô Roque para proporcionar aos mais pequenos momentos de diversão e alegria.

 

O Noviactual esteve no local e conversou com algumas crianças sobre a importância do dia e mostraram-se satisfeitas com as atividades.

 

 

O Dia internacional da criança é comemorado em todo o mundo e tem como finalidade chamar a atenção para os problemas que as crianças enfrentam.

 

IMG_20180601_164500.jpg

IMG_20180601_164526.jpg

 

Neste dia dedicado às crianças, o Noviactual recorda a música infantil "Tempo sabi, tempo di mininu" na voz de Titita.

semtabacohorizontal.jpg

 

Assinala-se hoje, 31 de maio dia Mundial sem tabaco. Para assinalar a data o Noviactual saiu à rua para saber se a população e os fumadores, em particular, estão conscientes dos malefícios do tabaco. Conversamos com Luís Sousa, Sandra Lima, Manuel Costa e Sebastião Gonçalves.

 

Luís Sousa, fumador há 17 anos, sempre soube dos malefícios do cigarro mas falta-lhe força suficiente para deixar o vício “eu fumo desde os meus 18 anos, já tenho 35. O cigarro é como se fosse um refúgio. Sei dos riscos mas... Continuo a fumar. Já pensei em deixar mas ainda não encontrei aquela força.”

 

Já Sandra Lima, fumadora passiva apela aos fumadores a respeitarem os que não usam o tabaco “eu não fumo. Mas vivo perto de pessoas que fumam. O fumo entra pela janela da minha casa e é assim todos os dias há muitos anos, por isso, apelo aos fumadores que procurem locais próprios e longe dos não fumadores.”

 

Manuel Costa é um ex-fumador  “fumei durante 25 anos, comecei muito jovem, aos 20 anos. O cigarro trouxe-me muitos problemas de saúde. Apesar de saber de todos os riscos usei e abusei do tabaco. Fumava vários maços por dia. Felizmente deixei esse vício há 13 anos.”

 

Sebastião Gonçalves é um jovem universitário, desportista e preocupado com a juventude que se deixa levar pela influência “eu não fumo mas tenho muitos amigos que fumam por influência. Faço questão de lhes dizer o quanto não gosto de inalar o fumo do cigarro.”

 

Conheça alguns malefícios desse vício que mata:

Reduz tempo de vida, provoca sérios problemas no coração e no pulmão, enfraqueça os dentes e envelheça a pele.

Opte pela sua saúde e deixe o tabaco.

Pág. 4/4

English French German Italian Dutch

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários