Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Noviactual

MENU

Padres da Diocese de Mindelo reuniram-se esta quarta-feira numa missa de acção de graças presidida pelo Bispo Dom Arlindo Gomes Furtado, bispo da diocese de Santiago, na pró-catedral Nossa Senhora da Luz.

São Tomé e Príncipe, Moçambique, Portugal, África do Sul, China, Estados Unidos e Cabo Verde são exemplos de países que já condenaram o golpe de estado na Guiné-Bissau.

 

Foto: sapo.cv

 

Os Guineenses residentes em Cabo Verde manifestaram-se esta quinta-feira na ilha de Santiago contra o golpe de estado na Guiné-Bissau e pediram o restabelecimento da ordem constitucional no País.

 

O governo de Cabo Verde condena veementemente a tentativa de golpe de Estado na Guiné-Bissau e ‘exige’ que os militares devolvam o poder imediatamente às autoridades legitimadas e que sejam criadas as condições para realização em plena liberdade da segunda volta das eleições presidenciais.

 

A CPLP condena o golpe militar na Guiné-Bissau e, insta a cessação imediata de qualquer acção militar que ponha em causa o Estado de Direito e a legalidade democrática da Guiné-Bissau. Exige o respeito e a preservação da integridade física de todos os titulares de cargos públicos e demais cidadãos que se encontram sob custódia dos militares, assim como a sua libertação imediata e incondicional.

 

A CEDEAO - Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental condenou a tentativa de golpe de Estado levada a cabo na Guiné-Bissau e pede o restabelecimento imediato da ordem constitucional neste Estado-membro para permitir a conclusão do processo eleitoral.

 

A União Africana condena a tentativa de golpe de Estado perpetrada por militares na Guiné-Bissau e indicou que rejeitará uma mudança anticonstitucional de Governo. O presidente da Comissão indicou que a UA não aceitará nenhuma tomada anticonstitucional do poder e qualquer tentativa com vista a prejudicar o processo democrático na Guiné-Bissau.

 

O Conselho de Segurança da ONU "condenou firmemente" o golpe na Guiné-Bissau e pediu o regresso do poder civil, depois de os militares terem detido o primeiro-ministro, o Presidente e outros membros do Governo. 

 

A Casa Branca condenou veementemente o golpe militar. O porta-voz Jay Carney garantiu que "os Estados Unidos apelam para a restauração imediata do governo legítimo".

 

Os Bispos Católicos da Guiné-Bissau repudiaram "mais esta opção militar e todas as formas de violência escolhidas" para resolver problemas do país e pediram um "respeito sagrado" pelas leis "e pelas instituições democraticamente eleitas".

 

Ramos-Horta vai mediar o conflito

 

José Ramos-Horta aceita mediar a crise política na Guiné-Bissau, mas deixa claro que a condição 'sine qua non' é a libertação do primeiro-ministro e de todos os outros que estejam detidos. Ramos-Horta quer também garantias de que os detidos não estão a sofrer "quaisquer sevícias, quaisquer actos de violência física ou psicológica, porque não há a mais pequena razão para a sua detenção".

 

Guiné-Bissau reabre fronteiras

 

O Comando Militar que desencadeou o golpe militar da semana passada anuncia a reabertura das fronteiras aéreas, terrestres e marítimas. Num comunicado, os golpistas pedem a todos os que trabalham nestes sectores para que regressem aos seus postos de trabalho.

 

TACV volta a voar para Bissau


A TACV retoma esta sexta-feira os voos para a Guiné-Bissau, depois de receber, da delegação em Bissau, a confirmação que já estão reunidas as condições de segurança no país. 

 

Revoltosos já escolheram Presidente da Guiné-Bissau

 

Serifo Nhamadjo, vice-presidente do Parlamento até ao golpe de Estado será o futuro Presidente da República interino da Guiné-Bissau e Sori Djaló vai ser o presidente do Conselho Nacional de Transição.

 

Cabo Verde disponível para enviar tropas

 

Cabo Verde está disponível para participar, ‘a qualquer nível’, numa missão de paz na Guiné-Bissau sob os auspícios das Nações Unidas, afirma o ministro da Defesa cabo-verdiano.

 

 

O Papa Bento XVI assinala esta quinta-feira, 19 de Abril, sete anos de pontificado. A semana é de festa e começou com o seu 85º aniversário, na segunda-feira.


“Apesar da idade e do cansaço, acho que é um Papa que continua a surpreender-nos com esta frescura – esperança, no fundo – com que anima o seu quotidiano”, afirma Aura Miguel, a vaticanista da Renascença que tem acompanhado de perto o Papa.


Em seu entender, Bento XVI continua a ser um exemplo de força de vontade e tem prova disso na agenda dos próximos meses, “a começar com o Encontro das Famílias, dentro de um mês, depois uma visita ao Líbano, mais o Ano da Fé, mais o Sínodo dos Bispos sobre a Nova Evangelização”.

 

Fonte: Renascença.

 

Mindelo recebe pela primeira vez a exposição Espelho de Prata, um Olhar Sobre a Colecção Foto Melo.

 

A mostra reúne mais de 150.000 negativos na maioria a preto e branco, milhares de provas em papel e outro material fotográfico como tinas de revelação, iluminação ou câmaras fotográficas.

 

A exposição, resultado de 6 meses de trabalho do Fotógrafo, arquitecto paisagista português Diogo Bento, está inserida no projecto de organização e conservação da colecção de fotografia Foto Melo.

 

Fundada em 1890 por João Melo (Djindjon), a Foto Melo passou também para as mãos do filho, Eduardo Melo (Papim), que a manteve em funcionamento até 1992.

 

A exposição patente a partir desta Sexta-feira, 20, decorre no Centro Nacional de Artesanato e Design na Praça Nova.

O médico cabo-verdiano Gilson Alves, que vinha denunciando perseguições por parte dos médicos do hospital de São João do Porto (Portugal), que pediu ‘socorro’ ao governo de Cabo Verde, mas sem sucesso... 

 

Desiludido com os dirigentes da sua terra mãe, o médico renúncia a nacionalidade cabo-verdiana como forma de protesto ao abandono e isolamento a que o Governo de Cabo Verde o sujeitou.


"Apesar desta decisão, as minhas origens cabo-verdianas e o seu papel para a definição do meu carácter e dos meus valores jamais poderão ser apagados por qualquer acto. Continuarei a ser quem sou durante toda a minha vida”, desabafa o médico Gilson Alves.


Uma notícia para acompanhar no asemanaonline

Carta aberta ao presidente da República (Pedro Pires) 2010

Carta aberta ao povo cabo-verdiano 

English French German Italian Dutch

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários