Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Noviactual

MENU
 

O Rotary Club de Barcelos, Portugal faz a apresentação pública do documentário sobre a missão/projecto “Natal Solidário” e do Projecto de Apoio ao Desenvolvimento da Aldeia de Baía em São Domingos, ilha de Santiago. 

O evento que acontece esta terça-feira, 31, em Barcelos, durante um jantar de confraternização, conta com a presença de entidades oficiais portuguesas e cabo-verdianas e será abrilhantado com a actuação de Joceline Medina e Valdir Divad. 

Em Dezembro último, os Rotários de Barcelos e de Santiago - durante a missão/projecto “Natal Solidário” - procederam à entrega da ambulância “Padre António Cachada” ao Corpo Municípal dos Bombeiros de São Domingos. 

 

O Rotary Club de Barcelos encontra-se geminado com o Rotary Club Maria Pia da Praia e, desde 2008, vem desenvolvendo um projecto de apoio ao desenvolvimento na Comunidade da Aldeia de Baía em São Domingos ilha de Santiago. 

 

Clique aqui para saber mais sobre o projecto e aqui sobre o documentário “Life in Aldeia da Baía”. 

"Cabo Verde sem plástico" é tema de uma campanha para acabar com as sacolas de plástico. 


O objectivo é chamar atenção para os prejuízos que os sacos de plástico causam ao ambiente, eliminar o uso das bolsas de plástico e promover o uso de sacos biodegradáveis e reutilizáveis. 

A iniciativa da Associação para a Defesa do ambiente e Desenvolvimento-ADAD foi lançada ontem, 27, em simultâneo nas ilhas de Santiago e Sal, através de Vídeo-conferência. A ADAD pretende alargar este projecto às outras ilhas. 

Os sacos de plásticos são feitos de materiais não biodegradáveis, causam vários danos ao ambiente e levam cerca de 300 anos para se decompor. Por isso, evite o uso de sacos de plástico e ajude a cuidar do ambiente. 

 

"Aristides Pereira - Minha vida, nossa história", livro do jornalista José Vicente Lopes a ser lançado esta sexta-feira, 27, na ilha de Santiago.

O Livro fala da vida do primeiro Presidente de Cabo Verde, Aristides Maria Pereira falecido em Setembro do ano passado.

Na obra o escritor fala da infância, da adolescência, e da procura de vida na ilha de Santiago, no tempo 1923 a 1948.

 

“Ñaque, Piolhos e Actores”, peça de José Sanchis Sinisterra subirá novamente ao palco do Centro Cultural do Mindelo este sábado, 28.

 

A peça fala do papel do actor na sociedade através dos tempos e do sentido de fazer-se teatro nos dias de hoje.

 

“Ñaque, Piolhos e Actores” é a 45ª produção do Grupo Teatral do Centro Cultural  Português do Mindelo. 

O espectáculo acontece às 21:30 deste sábado.

 

Bom espetáculo.

 

O filme reúne “depoimentos de amigos, de pessoas que o conheceram, de familiares e de intelectuais seus contemporâneos e do seu filho António Redol” que relata “um conjunto de depoimentos sobre momentos marcantes da vida de seu pai”.

 

“O Douro, a Nazaré e sobretudo a Lezíria do Tejo, este último o principal local de inspiração de Alves Redol para a criação da maior parte da sua obra literária são os cenários onde decorreu a maior parte das filmagens, correspondendo ao sentir profundo do escritor e à diversidade da sua obra”.

 

O Filme, produzido e realizado por Francisco Manso será exibido esta quinta-feira, 26, no Mindelo e conta com a presença do realizador.

 

Francisco Manso nasceu em Lisboa, frequentou a Faculdade de Direito, o Curso de Cinema e audiovisuais do AR.CO e o Curso de Áudio. Realizou e produziu dezenas de documentários, séries para televisão e longas-metragens, muitos dos quais premiados em festivais internacionais é o caso de “O Testamento do Senhor Napumoceno” de Germano Almeida. As filmagens ocorreram em 1997 na ilha de São Vicente, Cabo Verde.

Pág. 1/5

English French German Italian Dutch

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários