Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Noviactual

MENU
 

Bento XVI inicia hoje uma visita de 4 dias a Alemanha, a primeira desloca oficial do Papa ao seu país natal. Uma visita em que o papa vai propor Deus aos alemães, foi o próprio Papa quem assim definiu esta viagem de quatro dias.

 

A viagem do Papa a Alemanhã inclui um pouco de tudo, a começar por Berlim, a mais liberal das três cidades que Bento XVI visita e onde se prevêem protestos de rua .

 

Destaque também nesta quinta-feira para a missa no Estádio Olímpico e para o que Bento XVI poderá dizer aos católicos, que são cada vez em menor número nesta Alemanha secularizada.

 

Outra dimensão importante desta visita é a questão ecuménica. Bento XVI visitará a cidade de Erfurt, a terra natal de Lutero, onde participará numa celebração ecuménica.

 

Na última etapa, em Freiburg, destaque para o encontro com os jovens, sábado à tarde, e com os católicos empenhados na sociedade, domingo ao final do dia.

 

Bento XVI regressa, pela terceira vez, ao seu país natal depois das visitas de 2005, para a Jornada Mundial da Juventude em Colónia e 2006, na visita à Baviera, região onde nasceu.

 

Fonte: Renascença.

 

Aristides Pereira morreu hoje nos Hospitais da Universidade de Coimbra, onde estava internado desde o início de Agosto no serviço de Ortopedia dos Hospitais da Universidade de Coimbra, devido a uma fratura do colo do fémur esquerdo após uma queda agravada pela condição de diabético.

 

Em Setembro de 2010 já tinha sido internado nos HUC devido a uma fratura idêntica, do lado direito, tendo-lhe sido colocada uma prótese.

 

Considerado uma figura histórica de cabo Verde, Aristides Maria Pereira nasceu na ilha de Boa vista a 17 de Novembro de 1923.

 

O primeiro presidente cabo-verdiano começou a sua vida profissional a trabalhar como radiotelegrafista, onde chegou a chefe dos serviços de Telecomunicações, na Guiné-Bissau.

 

A partir dos anos 40, Aristides Pereira envolveu-se na luta pela independência de Cabo Verde. Juntamente com Amílcar Cabral, fundou o Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), em 1956, assumindo o cargo de secretário-geral, em 1973.

 

Após a morte de Amílcar Cabral e com a conquista da independência, em 1975, Aristides Pereira tornou-se no primeiro presidente da república de Cabo Verde e permaneceu na Presidência até 1991.

 

Após as eleições democráticas em 991, Aristides Pereira perdeu para António Mascarenhas Monteiro.

 

Á família enlutada o noviactual apresenta as mais sinceras condolências.

 

Que descanse em paz, Amém.  

 

Fontes: Sapo/Lusa, Renascença.

English French German Italian Dutch

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários