Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Noviactual

MENU

A Ilha de S. Vicente está de parabéns. Dos Cinco candidatos para as legislativas de 6 de Fevereiro de 2011, apenas um não é filho de S. Vicente.

 

C. Veiga

O Candidato do Movimento para a Democracia, Carlos Veiga nasceu na Cidade do Mindelo, Ilha de São Vicente. Licenciou-se em Direito na Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa, possui um doutoramento Honoris Causa em Direito por uma universidade norte-americana.

 

 

A. Monteiro

António Monteiro, apesar de não ser filho de nascença é filho do coração de S. Vicente. O candidato da UCID cresceu no bairro de Fonte Francês. Monteiro licenciou-se em engenharia electromecânica em Odessa, ex-URSS.

 

 

 

 

 

J. Além

O Presidente do Partido Social e Democrata PSD, João Silvestre Além, é natural da ilha de S. Vicente. Além formou-se em Administração e Contabilidade no Instituto de Administração e Contabilidade, em Lisboa.

 

 

 

J. Rosário

João Lopes do Rosário, candidato do Partido do Trabalho e da Solidariedade PTS, também é filho da ilha do Monte Cara. Rosário é formado em engenharia química e industrial e especializou-se em absorção atómica, na França.

 

 

 

J. Neves

O único que não é mindelense, é o candidato do PAICV José Maria Neves que é natural da ilha de Santiago. Neves é formado em Administração Pública pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo, no Brasil.

 

 

Ao todo são cinco filhos de Cabo Verde, cinco Corajosos, cinco Lutadores, cinco que querem o melhor (espero eu) para o nosso país.

 

Que vence,…o melhor!!!!

 

31 de janeiro dia de São João Bosco.

D. Bosco nasceu a 16 de Agosto de 1815, numa família muito pobre, em Becchi perto de Turim, na Itália. Muito cedo aos dois anos ficou órfão de pai Francisco Bosco, cresceu cercado do carinho da mãe, Margarida Occhiena Boco, e amparo dos irmãos António e José.

 

“Aos nove anos, começou a estudar e um dia teve um sonho que marcou a sua vida. Nossa Senhora o conduzia junto a um grupo de rapazes desordeiros que o destratava. João queria reagir, mas a Senhora lhe disse: “Não com pancadas e sim com amor. Torna-te forte, humilde e robusto.  À seu tempo tudo compreenderás”. Nesta ocasião decidiu dedicar sua vida a Cristo e a Mãe Maria; quis se tornar padre. Com sacrifício, ajudado pelos vizinhos e orientado pela família, entrou no seminário salesiano de Chieri daquela diocese”.


Dom Bosco foi ordenado sacerdote em 1841. Criou o Oratório de Dom Bosco, onde os jovens recebiam instrução, formação religiosa, alimentação, tendo apoio e acompanhamento até a colocação em um emprego digno.


João Bosco começou a recolher os meninos abandonados, e criou o primeiro Oratório, um lugar onde pudessem morar, trabalhar, rezar. A Mamãe Margarida deixou a sua casa no campo e veio trabalhar como cozinheira e lavadeira dos meninos. Em 1853, começavam a funcionar as primeiras oficinas, nas quais o próprio Dom Bosco ensinava. Entre os jovens que consideram a Dom Bosco como pai e mestre, alguns pedem-lhe para “ser como ele”. Nasce assim a Congregação Salesiana, em 1854.

 

Hoje os Salesianos estão presentes em mais de 150 países. Em Cabo Verde estão na ilha de São Vicente (Escola Salesiana de Artes e Ofícios). Os Antigos alunos da escola salesiana (como eu) orgulham-se do Mestre São João Bosco.

 

Dom Bosco criou também o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora e os Cooperadores Salesianos. Construiu, em Turim, a basílica de Nossa Senhora Auxiliadora, e fundou sessenta casas salesianas em seis países. Abriu as missões na América Latina. Publicou as Leituras Católicas para o povo mais simples.

 

Dom Bosco não esqueceu do seu sonho de menino, mas, sobretudo compreendeu a missão que lhe investiu Nossa Senhora. Quando lhe recordavam tudo o que fizera, respondia com um sorriso sereno: “Eu não fiz nada. Foi Nossa Senhora quem tudo fez”.

 

O Santo dos jovens, morreu no dia 31 de Janeiro de 1888, com 72 anos. Foi beatificado em 1929 e canonizado por Pio XI em 1934. Foi proclamado “modelo por excelência” para sacerdotes e educadores. Ecumênico, era amigo de todos os povos, estimado em todas as religiões, amado por pobres e ricos; escreveu: “Reprovemos os erros, mas respeitemos as pessoas”. Foi aclamado pelo Papa João Paulo II como o “Pai e Mestre da Juventude”.

 

PAI E MESTRE DOS JOVENS


Pai e mestre dos jovens
Deste a vida por nós.
Hoje nós te louvamos
Juntos numa só voz.

D. Bosco, D. Bosco
Cantemos, cantemos
Glória, glória,
Glória para sempre.

Teu segredo é Maria
Tua força é Jesus.
Tua vida é dos jovens
És caminho, és luz.

Deste aos jovens a esp’rança
Deste a vida, o amor,
Deste a fé e a força
Dum futuro melhor.

 

 

Fonte: Paulinas Online

Mas que abraço...

Carmo 26 Jan 11

  

Fonte: youtube

Tags

 

 

O Padre Ildo Fortes foi escolhido pelo Papa Bento XVI, como novo Bispo da Diocese de Mindelo. Uma notícia acabada de ser divulgada pelo Bispo da Diocese de S. Tiago. 
“Sinto-me muito pequeno diante de tão grande responsabilidade” disse no Novo Bispo da Diocese de Mindelo.

 
Padre Ildo Augusto Lopes Fortes, nasceu na ilha do Sal a 13 de Dezembro de 1964, emigrou muito cedo para Portugal juntamente com os seus pais, onde concluiu a sua formação teológica e sacerdotal.  


A Diocese de Mindelo foi fundada em 2003, pelo Papa João Paulo II. O Seu primeiro Bispo foi Dom Arlindo Gomes Furtado até 2009, ano em que foi transferido para a Diocese de Santiago para substituir Dom Paulino Livramento Évora.  A Diocese de Mindelo é formada pelas ilhas de S. Antão, S. Nicolau, Sal, Boa Vista e S. Vicente que é a sede.  


Parabéns Padre Ildo, parabéns Diocese de Mindelo!

Pelas notícias divulgadas online, Cavaco venceu com 52,94%, Manuel Alegre, ficou em segundo lugar com 19,75%, segue-se Fernando Nobre com 14,1%; Francisco Lopes 7,14%; José Manuel Coelho 4,5%, e finalmente, Defensor Moura consegue com 1,57%.Aníbal Cavaco Silva reeleito Presidente de Portugal. 

A taxa de abstenção 53,37% bateu o recorde. 

 

No seu discurso, o presidente reeleito considerou que a sua vitória nas presidenciais “foi também a vitória da verdade sobre a calúnia”.

 

Para Cavaco, “o povo português não se deixou enganar”: “A honra venceu a infâmia.”De referir que Cavaco venceu em todos os distritos e também no voto dos emigrantes. Com esta vitória, Cavaco Silva vai cumprir o seu segundo mandato.

Nascido a 15 de Julho de 1939, em Boliqueime, Algarve, Aníbal Cavaco Silva, conquistou duas maiorias absolutas consecutivas, o que o tornou no Primeiro-Ministro português que mais tempo permaneceu em funções em democracia (1985-1995).

Pág. 1/4

English French German Italian Dutch

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

Pub