Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Noviactual

MENU
 

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.

Onde houver ódio, que eu leve o amor;

Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;

Onde houver discórdia, que eu leve a união;

Onde houver dúvida, que eu leve a fé;

Onde houver erro, que eu leve a verdade;

Onde houver desespero, que eu leve a esperança;

Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;

Onde houver trevas, que eu leve a luz.

 

Ó Mestre, Fazei que eu procure mais

Consolar, que ser consolado;

compreender, que ser compreendido;

amar, que ser amado.

 

Pois, é dando que se recebe,

é perdoando que se é perdoado,

e é morrendo que se vive para a vida eterna.

English French German Italian Dutch

Sobre o autor

foto do autor

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Eliana de Oliveira

    Estou lendo o livro AFRICA. VIDA SELVAGEM e este l...

  • numadeletra

    Foi a minha estreia na leitura de Lídia Jorge e go...

  • Carmo

    Olá Maria, o disco pode ser encontrado nas livrari...

  • Maria Fraga

    Gostaria de saber como e onde posso comprar este ó...

  • Carmo

    Grande Morgadinho! Grande músico cabo-verdiano. A ...