Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Noviactual

MENU
 

Bento XVI foi recebido no aeroporto da capital espanhola pelos reis, presidente do Governo e vários ministros.

No seu discurso de boas-vindas, Bento XVI pediu aos jovens que não se envergonhem de Deus. "É urgente ajudar os jovens discípulos de Jesus a manterem-se firmes na fé e a assumirem a bela aventura de a anunciarem e de a testemunharem abertamente com a sua própria vida", destacou o Sumo Pontífice.

O Papa denunciou ainda a “perseguição aberta” e violenta que os cristãos sofrem em alguns países e ainda a “perseguição velada” que os cristãos sofrem nos Estados laicos.

Ainda assim, o Papa exortou os católicos a não ocultarem a sua identidade cristã e, “num clima de respeitosa convivência com outras opções legítimas”, a exigirem o devido respeito à sua religião.

O Papa referiu-se ainda à “superficialidade”, ao “consumo” e ao “hedonismo” imperantes na sociedade de hoje em dia, tendo lamentado “tanta banalidade na hora de se viver a sexualidade”. O Sumo Pontífice lamentou igualmente a “corrupção” e a “falta de solidariedade”.

Antes mesmo de aterrar em Barajas, o Papa tinha indicado que “a crise económica é também ética e sem ela a economia não pode funcionar”, disse Bento XVI a minutos de pousar num país onde a taxa de desemprego já ultrapassa os 20%.

Mais de um milhão de pessoas são esperadas em Madrid para a visita do Papa, que terminará no próximo domingo. Cabo Verde também está presente na JMJ.

Fonte: Público.

English French German Italian Dutch

Sobre o autor

foto do autor

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários