Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Noviactual

MENU

 

 

De visita à ilha italiana de Lampedusa, o Papa Francisco lembrou a hipocrisia da Europa para com os que sofrem e pediu um "despertar das consciências" para combater a "globalização da indiferença".

 

O Papa incluiu-se no grupo daqueles que “desorientados” já não conseguem “cuidar uns dos outros”.

 

O Santo Padre quis chamar à atenção para os milhares de imigrantes, oriundos sobretudo de África, que muitas vezes morrem a tentar chegar a Itália. “Imigrantes mortos no mar, em barcos que, em vez de caminho de esperança, foram via de morte, sublinhou o Papa acrescentando  que "uma espinha  ficou cravada no coração" quando soube da morte de mais africanos ao tentar alcançar o território italiano.

 

"Hoje ninguém é responsável por isto, perdemos o sentido de responsabilidade  fraterna e caímos na hipocrisia, afirmou Francisco.   

Depois de rezar, Francisco lançou uma coroa com flores brancas  e amarelas, cores do Vaticano, num barco da Guarda Costeira italiana.

 

Fontes: Renascença, Sicnoticias.

English French German Italian Dutch

Sobre o autor

foto do autor

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários