Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Noviactual

MENU

A ilha de São Vicente festeja hoje o seu Padroeiro e dia do Município. 

A data é comemorada no dia em que a ilha foi descoberta a 22 de Janeiro de 1462, pelo navegador português Diogo Gomes e coincide com o dia da celebração do seu padroeiro São Vicente.

 

A ilha de São Vicente tem uma história muito “rica”.

Desde sempre a ilha foi considerada a mais importante de Cabo Verde, pelo seu Porto grande, o maior do País. O Porto como o nome indica grande proporcionou a ilha de S. Vicente um grande desenvolvimento.

 

  

Quando falam da história da ilha fazem sempre referência as Companhia de depósito de carvão para abastecimento dos navios que por aí passavam, e dos Ingleses, que deixaram muitas heranças, como “as casas dos Ingleses” e o golfe. 

Falam também que, o desporto tinha uma grande “força” na ilha de São Vicente, uma das maiores equipas era o Mindelense.
Não é à toa que alguém uma vez disse:” Um vez Soncente era ote cosa”.
A sua cidade Mindelo foi considerada a capital de cultura de Cabo Verde.
A ilha de São Vicente é conhecida mundialmente pela sua Musica (Morna e coladeira); pelo Festival de Música da Baía das Gatas, o primeiro festival de música em Cabo Verde; pelo Carnaval; pelo Festival Internacional de Teatro Mindelact, pelo Campeonato de surf Sandy beach.

Bana, Cesária Évora, Tito Paris, Grace Évora entre outros nomes da música nasceram na ilha do Monte Cara ou ilha do Porto Grande como é conhecida.
A ilha de “Morabeza” é dona de belas praias como Laginha, Calhau, Baia das gatas, Praia grande entre outras.

 

 

Neste momento a ilha vive numa situação de abandono, com uma taxa de desemprego elevada. 

A Violência tomou conta de S. Vicente, e a insegurança se instalou nesta ilha. Apesar disso, o Mindelense não pára, não se refugia por medo, é uma população activa, corajosa e que quer lutar pela sua liberdade. Jovens que poderiam estar a contribuir para o desenvolvimento desta ilha, contribuam para o seu retrocesso.
A Praça Nova que sempre foi o ponto de encontro dos Mindelenses, hoje é o ponto de encontro dos “Gangs”. O governo ainda não conseguiu travar essa situação.
Recentemente surgiu uma associação cívica denominada “Cordá Monte Cara”, com o objectivo de lutar pelo desenvolvimento, estabilidade e segurança da ilha.
São Vicente é a nossa ilha de “nascença” de “criação” ou do “coração” e cabe a cada um de nós lutar por ela.

2 comentários

De Vera a 22.01.2011 às 20:41

É verdade a ilha de S. Vicente tem uma história muito rica. Espero que “os responsáveis” um dia consigam devolver o estatuto que a ilha perdeu.

De Carmo a 22.01.2011 às 21:11

Se esse dia chegar, será o dia mais feliz da vida dos Mindlenses.

Comentar post

English French German Italian Dutch

Sobre o autor

foto do autor

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Eliana de Oliveira

    Estou lendo o livro AFRICA. VIDA SELVAGEM e este l...

  • numadeletra

    Foi a minha estreia na leitura de Lídia Jorge e go...

  • Carmo

    Olá Maria, o disco pode ser encontrado nas livrari...

  • Maria Fraga

    Gostaria de saber como e onde posso comprar este ó...

  • Carmo

    Grande Morgadinho! Grande músico cabo-verdiano. A ...